Após alguns meses sem actividade concertística ao vivo, a Associação Eborae Mvsica retomou os Concertos com Público.

O XXI Ciclo de Concertos “Música e outras Artes nos Claustros” é uma actividade marcada pela originalidade dado que o seu objectivo é articular a música com diferentes formas de expressão artística, com qualidade artística e relevância cultural.

Deste modo, realizaram-se os seguintes Concertos: no dia 10 de Julho, pelo Duo de Acordeão e Fagote com Bailarinos por Gonçalo Pescada (acordeão), Eduardo Sirtori (fagote) e Fábio Henriques e Rita Ramires (bailarinos); no dia 11 de Julho, o Recital de Canto Piano e Poesia por José Corvelo (barítono), Carla Seixas (piano) e Leonor Seixas (actriz); no dia 18 pelo “Duo Almaclara” com Luiza Nancu e Beatriz Gonzalez (violoncelos), leitura de texto por Patrícia Hortinhas, este concerto no âmbito do Projecto CHEBEC que no Alentejo é coordenado pela CIMAC; e, a finalizar, no dia 31 de Julho, “Spaguetti Fusion” com Sandra Medeiros (soprano), Carlos Garcia (teclados), Diana Tzonkova (violino), Luís Cascão (percussão), Ercole de Conca (contrabaixo e Direcção).

“Foi com visível regozijo que o público acorreu a aplaudir estes artistas, e a desfrutar de agradáveis serões musicais. Os intérpretes também manifestaram a sua satisfação por voltarem a estar em contacto directo com o público”, informou a Associação Eborae Mvsica em nota de imprensa enviada às redacções.

“Entre os vários compositores referimos a interpretação de obras de Handel, Mozart, José Afonso, Astor Piazzolla, Richard Galliano, Freitas Branco, Schubert, Cole Porter, Ennio Morricone e Nino Rota. Igualmente, poemas de Eugénio de Andrade, Rui Belo, Eduardo Bettencourt Pinto, Fernando Pessoa, Nuno Júdice e textos sobre a Ópera Cármen de Bizet”, lê-se na nota.

A Organização deste Ciclo foi da Associação Eborae Musica entidade financiada pelo Ministério da Cultura- DGArtes, com Co-Produção da Câmara Municipal de Évora, e apoio de: Diário do Sul, A Defesa, Antena 2 e Rádio Diana e Registo.

pt_PTPortuguese